Sobre o Produto

Objetivo

O Fundo tem como objetivo de refletir a performance, ante das taxas e despesas, do Ibovespa - IBOV, calculado pela BM&FBOVESPA, principalmente através do investimento nas ações que compõem a carteira teórica do IBOV, observados os limites de diversificação e composição aplicáveis à carteira do Fundo, conforme estabelecido no Regulamento.

Lâmina do fundo

Política de Investimento

Para atingir o seu objetivo, o Fundo investirá no mínimo 95% de seu patrimônio em Ações do IBOVESPA, em qualquer proporção, ou em posições compradas no mercado futuro do Índice, de forma a refletir a variação e rentabilidade do IBOVESPA, observados os limites e requisitos previstos no Regulamento do Fundo. Nos restantes 5% de sua carteira, o Fundo poderá deter ações e outros ativos não incluídos no IBOV, desde que estes constituam Investimentos Permitidos. O fundo adota o método de otimização da composição da carteira, visando reduzir custos de transação, facilitar o processo de integralização e resgate de cotas e minimizar a participação de ações de baixa liquidez.

Características

Data de início: 29/07/2016

Benchmark: IBOV

Taxa de Administração: 0,30 % ao ano.

Moeda: R$

Número de Ações: 59

Administrador: Itaú Unibanco S.A.

Gestor: Itaú Unibanco S.A.

Custodiante: Itaú Unibanco S.A.

Código na BM&FBOVESPA: BOVV11

Código Valor Indicativo: BOVV

Código ISIN do Fundo: BRBOVVCTF009

Código Bloomberg do Índice: IBOV

Público Alvo

É um fundo indicado a investidores em geral que aceitem os riscos inerentes ao investimento no fundo e busquem rentabilidade de acordo com o objetivo do produto. Caso o investimento no fundo seja realizado por investidor não residente, este investidor deverá avaliar a adequação da aquisição das cotas do fundo à legislação aplicável em sua jurisdição.


Valores para Aplicação e Resgate

É possível realizar investimento em lotes a partir de 50.000 cotas ou em múltiplos de lotes mínimos de 50.000 cotas.


Forma de Aplicação e Resgate

Você pode realizar aplicações e resgates sempre considerando que uma “cesta de integralização ou resgate” equivale a um lote mínimo de cotas, ou seja, 50.000. As Cestas de integralização e resgate são compostas por, no mínimo, 95% (noventa e cinco por cento) do seu valor representado por ações do IBOV, em qualquer proporção, e, no máximo, 5% (cinco por cento) do seu valor representado por Valores em Dinheiro e/ou Investimentos Permitidos (pelo menos uma cesta).


Horário Limite para Solicitação de Integralização

Até 15 (quinze) minutos antes do encerramento do pregão regular da BMF&BOVESPA.O cotista que solicitar a integralização a um Agente Autorizado deverá preencher o formulário "Solicitação de Integralização/Resgate de cotistas e declaração de isenção" e fornecer ao respectivo Agente Autorizado as notas de corretagem e demais documentos necessários para que o Administrador apure o custo de aquisição dos ativos a serem integralizados, devendo tal Agente Autorizado entregar os documentos do cotista ao Administrador pelo menos 3 (três) horas antes do fechamento do pregão do Dia do Pedido da Integralização. Caso o Administrador não receba os documentos do cotista dentro deste prazo, a solicitação de integralização em questão será cancelada.



Horário Limite para Solicitação de Resgate

Até 15 (quinze) minutos antes do encerramento do pregão regular da BMF&BOVESPA. O cotista que solicitar o resgate a um Agente Autorizado deverá preencher o formulário  "Solicitação de Integralização/Resgate de cotistas e declaração de isenção" e fornecer ao respectivo Agente Autorizado as notas de corretagem e demais documentos necessários para que o Administrador apure o custo de aquisição das cotas a serem resgatadas, devendo tal Agente Autorizado entregar os documentos do cotista ao Administrador pelo menos 3 (três) horas antes do fechamento do pregão do Dia do Pedido de Resgate. Caso o Administrador não receba os documentos do cotista dentro deste prazo, a solicitação de resgate em questão será cancelada.



Cota de Aplicação

D0 Fechamento.


Cota de Resgate

D0 Fechamento


Requisição para empréstimo de ações para voto

Apresentação

O objetivo do Ibovespa é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de maior negociabilidade e representatividade do mercado de ações brasileiro. No Ibovespa, os ativos são ponderados pelo valor de mercado do “free float” (ativos que se encontram em circulação) da espécie pertencente à carteira, com limite de participação baseado na liquidez. É um indicador que procura refletir não apenas as variações nos preços dos ativos integrantes do índice no tempo, mas também o impacto que a distribuição de proventos por parte das companhias emissoras desses ativos teria no retorno do índice.

Ações Elegíveis para o Índice

O Ibovespa é composto pelas ações e units exclusivamente de ações de companhias listadas na BM&FBOVESPA que atendem aos critérios de inclusão descritos a seguir. Não estão incluídos nesse universo BDRs e ativos de companhias em recuperação judicial ou extrajudicial, regime especial de administração temporária, intervenção ou que sejam negociados em qualquer outra situação especial de listagem. A carteira teórica do índice tem vigência de 4 meses, para os períodos de janeiro a abril, maio a agosto e setembro a dezembro, entrando em vigor na primeira segunda-feira do mês inicial de vigência (ou dia útil imediatamente posterior no caso de nesse dia não haver negociação no segmento BOVESPA). Ao final de cada quadrimestre, a carteira é rebalanceada, utilizando-se os procedimentos e critérios integrantes da metodologia do índice. O rebalanceamento da carteira do índice envolve despesas de corretagens e emolumentos em função da compra e venda das ações que compõem o índice.



Critérios de Inclusão de Ações no Índice

Serão selecionados para compor o Ibovespa os ativos que atendam cumulativamente aos critérios abaixo.

1. Estar entre os ativos elegíveis que, no período de vigência das 3 carteiras anteriores, em ordem decrescente de Índice de Negociabilidade (IN), representem em conjunto 85% do somatório total desses indicadores.; 

2. Ter presença em pregão de 95% no período de vigência das 3 carteiras anteriores.

3. Ter participação em termos de volume financeiro maior ou igual a 0,1%, no mercado a vista (lote-padrão), no período de vigência das 3 carteiras anteriores.

4. Não ser classificado como “Penny Stock” (ativo cujo valor médio ponderado durante a vigência da carteira anterior ao rebalanceamento, desconsiderando-se o último dia desse período, seja inferior a R$1,00).

Um ativo que seja objeto de Oferta Pública realizada durante o período de vigência das 3 carteiras anteriores ao rebalanceamento será elegível, mesmo sem estar listado todo o período, desde que:

a) A Oferta Pública de distribuição de ações ou units, conforme o caso, tenha sido realizada antes do rebalanceamento imediatamente anterior;

b) Possua 95% de presença desde seu início de negociação;

c) Atenda cumulativamente aos critérios 1, 3 e 4.

Critérios de Exclusão de Ações no Índice

Serão excluidos da carteira os ativos que: 

1. Deixarem de atender a dois dos critérios de inclusão acima indicados; 

2. Estiverem entre os ativos que, em ordem decrescente de IN, estejam classificados acima dos 90% do total no período de vigência das 3 carteiras anteriores;

3. Sejam classificados como “Penny Stock”; ou

4. Durante a vigência da carteira passem a ser listados em situação especial (recuperação judicial ou extrajudicial, regime especial de administração temporária, intervenção ou qualquer outra hipótese definida pela Bolsa). Serão excluídos ao final de seu primeiro dia de negociação nesse enquadramento.



 

Para obter mais informações sobre o índice, clique aqui.

 


O investidor deve ler atentamente as informações constantes nos documentos, especialmente o Regulamento e a Instrução CVM nº 359 antes de decidir pelo investimento em cotas.


Regulamento

Fatos Relevantes

Convocações de Assembleias

Demonstrações Financeiras

Metodologia do índice

Contrato de licença do índice

Formulário de solicitação de integralização/resgate

Política de empréstimo de títulos

Formulário de requisição de empréstimo de títulos

Política de Distribuição de Resultados

Demandas Judiciais

Fatores de Riscos


Ainda possui dúvidas?

Utilize os canais abaixo para esclarecer suas dúvidas sobre ETFs.